domingo, 31 de julho de 2011

Relação: Canadense X Imigrante

Oi pessoal,



Este post será dedicado a Mary, pois ela me escreveu perguntando como era essa relação...achei super interessante tendo em vista as experiencias de cada imigrante. Lembrando que esse post é voltado a nossas experiências!

Bom, para quem não me conhece, prazer! Me chamo Sorriso, meu nome do meio é Alegria e meu sobrenome é Felicidade!!!

A relação dos canadenses com os imigrantes é super natural, aqueles que não gostam, mas tbm não desgostam, pois a relação principal é de pura educação e respeito.

Durante esses quase 4 anos de Canada, ouvi de tudo...brasileiros dizendo que foi preterido, outros que sempre foram muito respeitados.

Minha experi6encia diz que o canadense é muito bacana e não tem nada de frio como todos dizem, pelo contrario, eles agem conforme agimos com eles, se somos risonhos, receberemos sempre um sorriso de volta. lógico que eles não vão te convidar para ir a casa deles no primeiro encontro, afinal, eles são canadenses, isso que fazemos é coisa de brasileiro...mesmo assim, vc poderá conhecer algum canadense que faça isso com vc.

Minha ex vizinha é canadense e sempre que nos encontrava, ficava feliz e corria para conversar, sempre dizia que os brasileiros tem alma pura, Ela sempre nos abraçava e beijava, super carinhosa. Quando ela se separou, veio chorar suas mágoas em meu ombro, pois dizia que eu era uma pessoa muito compreensiva.

Aqui, as crianças se abraçam quando se , mas para isso elas se consideram amigas, lógico que tem aquelas que se recusam a abraçar e beijar, mas se vc for trás, essas crianças pouco recebem carinho e com isso, a tendência e não dar carinho...normalmente damos o que recebemos!!! isso é real.

Na universidade, eu sou a única imigrante, todas são canadenses, mesmo assim sempre fui muito bem recebida por todas e muitas (as que tinham mais afinidade comigo), me ajudavam com o inglês, isso fez com que eu me sentisse mais confortável nas aulas e principalmente com as apresentações. Como nem tudo é perfeito, cai numa turma de decoração que uma canadense tinha o prazer de dizer que odiava imigrantes, passei um semestre não na turma dela como tbm com um trabalho em grupo, onde ela era uma das integrantes...nossa, foi sufocante, até que um dia ela escreveu uma palavra em Inglês errado no quadro e eu corrigi, a minha professora que gostava muito de mim e sempre dizia que eu era a alegria da turma, ficou rindo com a situação...a mulher para querer me humilhar na frente das pessoas disse que não sabia pq eu estava ali se meu Inglês era péssimo, logo fui avisando que eu poderia falar e escrever errado, pois aquele além de não ser meu País tbm não era meu idioma oficial, porém ela estava fazendo feio em escrever a própria língua errada e ser corrigida por alguém como eu, que tinha o Inglês péssimo.

Essa foi a única situação ruim que passei com algun canadense, mas em geral, sempre fui muito bem recebida e vejo que outros imigrantes tbm.

Por isso, seja sempre simpático as pessoas, pois cara feia gera cara feia, sorriso, gera sorriso!!!

Beijos,
Mildred Davim

10 comentários:

Bia Maria disse...

Olá Mildred Querida!
Excelente post.
Acredito nas coisas, como na mensagem de Cora Coralina:
"Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves da alma"...
Bjs iluminados!
Excelente semana!

Mary e Glaucio disse...

Parabéns Mildred! Adorei seu post, você como sempre com muita simplicidade consegue chegar ao cerne da questão, rsrsrrs, é muito bom saber dessa reciprocidade com os brasileiros, eu já havia lido em outros blogs sobre essa aceitação mas sempre pairavam dúvidas e você conseguiu explanar brilhantemente e consequentemente fiquei muito feliz ao saber que um dia (espero que não muito distante, rsrsr), eu possa vir a desenvolver laços de amizade com esse povo tão amistoso.
Obrigada por satisfazer minha curiosidade.
Fica com Deus!
Beijos! Mary.

:) Família Feliz :) disse...

Sim, cara! Gentileza gera gentileza! Ser imigrante eh osso mesmo,aprender uma lingua que nao eh a sua eh osso dobrado, e venhamos e convenhamos que ate quando a gente conhece alguem que ta aprendendo portugues eh complicado ficar explicando tudo o tempo todo, falar devagar, fazer um tremendo esforco pra compreender e ser compreendido, entao acho que os gringos tambem tem esse direito. o negocio eh fazer que nem a minha mae (a dona do blog HAHA, quem ta comentando eh a filha dela), ela nao fala muito ingles, fala bem pouco mesmo, mas ela vai nos lugares com a cara e a coragem e fala "hi, my-english-is-nos-good-BUT-i-understand-speak-slow-please" HAHAHAHA EU RIO DEMAIS, mas cara, tooodo mundo atende ela bem, e entende ela perfeitamente! e cara, o ingles dela eh isso ai, fica variando entre can i have, please, large, small, thank you, see you later hahahahaha mas ela eh que nem voce, puro sorriso! e sorriso conquista em qualqueeeeer idioma! qual universidade voce foi/vai? abs, x, take care.

mildred.davim disse...

Oi Família Feliz,
Eu estudo no Mount Royal University.
Beijos

Fabiana e Wanderson disse...

ola flor!!!

É a primeira vez que entro no seu blog, nossa estou adorando!!

Parabéns!!!

bjim

Familia MTVVL disse...

Meu nome e Matheus, resido em Montreal, Qc. Já aqui a mas de 5 anos apareceu uma oportunidade de mudar para Calgary com minha família. Depois de ver o seu website pensei que talvez voces me podessem ajudar com algumas duvidads que tenho antes de migrar para ahi. Venho ja acompanhando o seu e outros site-blogs a algum tempo e realmente me parece Calgary um lugar bom de viver. Estou planejando agora em Novembro dar uma primeira passadinha por Calgary e ver como são as coisas por ahi e buscar oportunidades e se possivel conhecer pessoas. Você me poderia recomendar algum lugar econômico pra eu ficar por uma semana? aonde buscar agencias de emprego? o que posso ver por ahi em Calgary? etc.

Agradeço de antemão sua resposta e Deus os abencoe.

ReMiGaLu disse...

Olá, Mateus.
Mande um e-mail para remigalu@gmail.com que poderemos responder as suas questões.
Abraços,
Renato

Samira Tauil disse...

Bom Dia Renato e Mildred,somos de Fortaleza e temos muito interesse em imigrar mas estamos em dúvida em alguns quesitos pois temos dois filhos uma de 12 e um de 5 anos e nos preocupamos na adaptação e recepção na escola e no geral como é a recepção dos Canadense em relação aos imigrantes?meu marido é da área de T.I é Analista de Sistemas contratado da Petrobrás na Área de Biocombustível pela experiência de vocês tem possibilidade de conseguir logo um emprego no Canadá? como devemos proceder pedir logo o visto para trabalhador permanente ou o visto de dois anos?muito obrigada pela atenção desejamos muito sucesso e bençãos nessa feliz empreitada de vocês.

Samira Tauil disse...

Bom Dia Renato e Mildred,somos de Fortaleza e temos muito interesse em imigrar mas estamos em dúvida em alguns quesitos pois temos dois filhos uma de 12 e um de 5 anos e nos preocupamos na adaptação e recepção na escola e no geral como é a recepção dos Canadense em relação aos imigrantes?meu marido é da área de T.I é Analista de Sistemas contratado da Petrobrás na Área de Biocombustível pela experiência de vocês tem possibilidade de conseguir logo um emprego no Canadá? como devemos proceder pedir logo o visto para trabalhador permanente ou o visto de dois anos?muito obrigada pela atenção desejamos muito sucesso e bençãos nessa feliz empreitada de vocês.

ReMiGaLu disse...

Olá, Samira.

O que vemos aqui é uma grande receptividade aos imigrantes. Creio que não haja outro lugar no mundo onde os imigrantes sejam tão bem aceitos. Nossos filhos tinham 4 e 5 anos quando chegamos e nunca tiveram qualquer problema de adaptação. Temos amigos cujos filhos chegaram já adolescentes e a maioria também se deu bem, apesar de que essa idade requer um pouco de atenção e apoio.

A área de TI sempre oferece muitas oportunidades aqui e não vejo amigos desta área terem dificuldades em conseguir emprego. A postura do candidato e a fluência no inglês pesam tanto quanto à experiência. Certificados internacionais (como os da Microsoft, Oracle, SAP etc. são muito bem vistos).

Não tenho informação sobre vistos de trabalho... Viemos pelo programa "Skilled Worker" e obtivemos um visto de residência permanente. Recomendo pesquisar a fundo o site do departamento de imigração e cidadania (www.cic.gc.ca) para verificar as opções e condições.

Abraços,

Renato